Menu


 

(83) 98109-8149

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Edição 2016 do Bloco Picolé de Manga é cancelada em João Pessoa

04 JAN 2016
04 de Janeiro de 2016



Segundo a organização, motivo da suspensão é a crise econômica.
Bloco é um dos maiores que desfilam na semana que antecede o carnaval.

A organização do bloco pré-carnavalesco ‘Picolé de Manga’, um dos maiores que desfilam no Projeto Folia de Rua, na semana que antecede o Carnaval, divulgou nesta segunda-feira (4) que a edição 2016 do bloco foi suspensa. Segundo os organizadores, o motivo da suspensão é a crise econômica nacional.
A medida foi aunciada por Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo, e um dos fundadores e organizadores do bloco. Além do Picolé de Manga, o bloco infantil ‘Dindin de Manga’ também não desfilará em 2016. A decisão já foi comunicada ao presidente doFolia de Rua, Antônio Toledo.
Em nota, os organizadores comunicaram que a decisão foi tomada após uma série de reuniões e que o Picolé de Manga não deixará de existir porque faz parte das tradições de Carnaval de João Pessoa e integra o calendário festivo da cidade há 23 anos.
Em 2015, o bloco completou 22 anos e o estandarte foi confeccionado pelo artista plástico Dadá Venceslau.
Todos os anos antes do desfile, o público participa de uma degustação do picolé de manga gigante no Cordão Encarnado, bairro que é o berço do bloco. O doce foi considerado, na edição de 2013, o maior picolé do país pela empresa RankBrasil, com 2,73 metros de comprimento e 227,1kg. Em 2015, o picolé de manga teve 2,70 metros e pesou 300kg, segundo a empresa fabricante.
Fonte: G1

Voltar
Tenha também o seu site. É grátis!