Menu


 

(83) 98109-8149

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

De olho em revanche, Aldo manda recado ao UFC: ‘Cumpram com sua palavra’

28 JAN 2016
28 de Janeiro de 2016

 Brasileiro insiste que só volta a competir em luta que tiver cinturão em jogo: ‘Ainda acredito na empresa em que trabalho’

 Passado mais de um mês de sua derrota relâmpago para Conor McGregor, José Aldo ainda segue decidido a obter nova chance pelo cinturão em seu próximo combate. O ex-campeão dos penas postou um depoimento bastante direto em sua conta no Instagram, no qual diz esperar que o UFC e seus chefes, Dana White e Lorenzo Fertitta, cumpram com o que foi prometido.

No dia 12 de dezembro do ano passado, Aldo perdeu o cinturão em apenas 13 segundos, com um nocaute para o irlandês. Foi a primeira derrota do brasileiro sob o guarda-chuva da Zuffa, empresa detentora do Ultimate e que era a proprietária do WEC, organização na qual Aldo se tornou campeão, ainda na década passada.

Aldo disse que tinha certeza de que ganharia a revanche, e agora deu um ultimato ao UFC: só volta a competir se for pelo título ou em outro combate com McGregor, mesmo se o irlandês não estar mais na posição de campeão.

“Fala, galera. Estava quieto até agora, porque, da maneira com que a luta aconteceu, eu já estava me preparando nos treinos, pois tinha certeza de que teria a revanche imediata. Porém, acho que me enganei. Então, queria deixar bem claro ao UFC que não aceito nenhuma luta que não seja pelo cinturão, por tudo que eu fiz nesses oito anos , por tudo que eu aceitei e pela forma com que a luta acabou. A única exceção seria uma luta a qualquer momento, em qualquer lugar. Já que ele está com medo de me devolver o cinturão, não precisa ser pelo cinturão, Conor McGregor. Espero que vocês também cumpram com a palavra de vocês, Dana White e Lorenzo Fertitta, pois ainda acredito na empresa em que trabalho”, escreveu o brasileiro.

O UFC não revelou quais são seus planos para Aldo. A categoria dos penas segue em momento de espera, já que o campeão McGregor subirá de divisão para tentar desbancar Rafael dos Anjos, detentor do título dos leves. Além disso, a organização já confirmou que Frankie Edgar é o próximo da fila pelo título dos penas.

Superlutas

Voltar
Tenha também o seu site. É grátis!