Menu


 

(83) 98109-8149

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Neymar supera Messi e Cristiano Ronaldo e terá o maior salário do mundo, diz site

01 JUL 2016
01 de Julho de 2016

 O atacante Neymar anunciou nesta quinta-feira a sua renovação com o Barcelona

O jogador brasileiro terá o maior salário do mundo, segundo site (Foto: EFE)

 Neymar ganhará 28 milhões de euros (aproximadamente R$ 100 milhões) de salário por ano, livre de impostos. Hoje se tornou o jogador mais bem pago do Barcelona. Mas o clube catalão se viu obrigado a majorar os valores do meia-atacante argentino Lionel Messi, do atacante uruguaio Luis Suarez e do meia espanhol Andrés Iniesta, as outras estrelas do time.

O contrato do jogador passou de 2018 e agora se encerrará em 2021. A multa, que era de 190 milhões de euros (R$ 678,3 milhões), será aumentada.

Pouco depois da confirmação do atacante em suas redes sociais, o advogado do brasileiro, Marcos Motta, falou sobre o assunto: “Vamos lá, então: Neymar Jr. e F.C. Barcelona acertam renovação e assinam o maior contrato em vigor da história do futebol”.

O empresário do craque, Wagner Ribeiro, comemorou a renovação do jogador nas redes sociais. “Neymar Jr é o jogador mais valorizado do Mundo. Parabéns Barça”.

Não foi à toa que ambos falaram que Neymar agora é o jogador mais valorizado do mundo. Segundo levantamento do site Total Sportek, o atacante Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, recebe R$ 75 milhões anuais. Pelo menos levantamento, Messi recebe R$ 72 milhões.

O Barcelona se viu obrigado a abrir os cofres para renovar com o atleta por causa do forte assédio do Paris Saint-Germain, ansioso por ter o atacante brasileiro como substituto do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, que confirmou nesta quinta que vestirá a camisa do Manchester United.

Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG, veio pessoalmente a cerca de 20 dias para o Brasil para se reunir com o pai do jogador e Wagner Ribeiro, empresário do atleta. Ele garantiu pagar a multa contratual imposta pelo Barcelona e ofereceu a quantia de 40 milhões de euros (R$ 142,8 milhões) como salário anual ao atacante.

A negociação entre as partes só não foi concluída por questões jurídicas. Como o PSG conseguiria justificar um salário deste valor ao brasileiro e não violar o fair play jurídico imposto pela UEFA? A negociação emperrou porque o clube francês sabia que seria denunciado pelo Barcelona e teve que voltar atrás. Por isso, os espanhois ganharam terreno para oferecer um valor que fosse interessante para o brasileiro. E o jogador pôde comemorar a sua permanência em Barcelona. “Muito feliz de continuar vivendo esse sonho! VISCA BARÇA y VISCA CATALUNYA”, declarou o jogador.

Torcedores.com

Voltar
Tenha também o seu site. É grátis!